Netflix marca recorde com 160 indicações ao Emmy 2020

A plataforma de streaming Netflix lidera a corrida ao Emmy Awards 2020 com o recorde histórico de 160 indicações, à frente das gigantes HBO e Amazon Prime Video, e das estreantes digitais Disney+ e Apple TV+. Apesar dos desafios que a indústria cinematográfica enfrenta neste período atípico, devido à pandemia do coronavírus, os organizadores do prêmio o consideraram um “ano extraordinário” para este segmento do entretenimento.

Os indicados ao Emmy da Netflix

A enorme campanha da empresa sediada em Los Gatos, na Califórnia, foi liderada por vários programas, entre os quais estão o drama criminal “Ozark”, indicado a 18 prêmios, incluindo melhor série dramática, melhor ator (Jason Bateman) e melhor atriz (Laura Linney); a série do período real britânico “The Crown”, com 13 indicações, incluindo séries dramáticas, melhor atriz (Olivia Colman) e atriz coadjuvante (Helena Bonham Carter); a minissérie sobre a indústria cinematográfica no pós-Segunda Guerra Mundial “Hollywood”, com 12 indicações; e as séries “Stranger Things”, de ficção científica, e “Dead to Me”, de humor negro, que também receberam várias indicações.

Ozark é uma das séries que foram indicadas ao Emmy
Ozark é uma das séries que foram indicadas ao Emmy

O total de indicações da Netflix foi 36% maior em relação ao ano passado, quando obteve 118. A plataforma está competindo para dominar o streaming mundial com uma estratégia de alto volume de programação, com títulos que abrangem dramas de prestígio, documentários e séries para todos os públicos.

Investimentos bilionários em conteúdo original

De acordo com um relatório emitido pela BMO Capital Markets, um dos maiores provedores de serviços financeiros da América do Norte, a Netflix pretende investir em 2020 cerca de US$ 17,3 bilhões em produções para o seu catálogo. Em 2019, a companhia destinou US$ 15,3 bilhões ao conteúdo original.

Ainda segundo a BMO, o serviço de streaming projeta investir US$ 26 bilhões até 2028. O valor destinado às produções originais brasileiras neste ano foi de R$ 350 milhões. Supõe-se que essa expansão agressiva esteja relacionada à chegada de novos concorrentes, o que tornará o mercado ainda mais competitivo no futuro.

“Streaming War”

A HBO ficou em segundo lugar com 107 indicações ao Emmy, com sua genial série “Watchmen” recebendo 26 indicações, sendo sete para as categorias principais, incluindo um aceno para Melhor Minissérie. Criada por Damon Lindelof, a produção ambientada nos anos 1930 é inspirada na história em quadrinhos homônima assinada por Alan Moore e Dave Gibbons e lançada em 1986.

Com um foco mais forte no racismo da América, a série atraiu os espectadores à luz dos protestos por justiça social desencadeados pelo assassinato do norte-americano George Floyd. A rede a cabo por assinatura vinha desfrutando de uma seqüência de 17 anos no topo do ranking de indicações ao Emmy, interrompida pela Netflix em 2018.

Enquanto isso, o Amazon Prime Video, provavelmente um dos maiores concorrentes da Netflix, viu sua comédia “The Marvelous Mrs. Maisel” receber 20 indicações, incluindo melhor série de comédia e melhor atriz (Rachel Brosnahan). O serviço de streaming da Amazon fez sua estreia no Brasil em setembro de 2019.

Outros serviços de streaming digital também fizeram suas incursões no Emmy 2020, como Disney +, com 19 indicações, e Apple TV +, com 18. A maioria das indicações da Apple TV+ vieram da elogiada série “The Morning Show”,  drama que ostenta impressionantes cinco nomeações para atores como Jennifer Aniston, Steve Carrell, Billy Crudup, Mark Duplass e Martin Short.

A cerimônia da 72°edição do Emmy está marcada para o dia 20 de setembro de 2020. A mais importante premiação da TV americana será totalmente virtual. Os indicados aos prêmios receberam uma carta da organização do Emmy informando que o tradicional evento no Microsoft Theatre, em Los Angeles, não acontecerá neste ano.

A carta assinada pelo mestre de cerimônias do Emmy, o humorista Jimmy Kimmel, diz também que uma equipe irá filmar os artistas em suas casas ou em outros lugares designados por eles.