Lei da Surpresa em The Witcher – Entenda o que é e como funciona

>> Publicidade <<

Após o lançamento de The Witcher na Netflix, muitos que não conhecem o universo da série procuram entender alguns argumentos usados na trama. Uma dos termos mais procurados nos últimos dias, é a Lei da Surpresa em The Witcher.

A expressão foi usada na momento em que Geralt e seu companheiro bardo se dirigiram à uma festa no reino de Cintra. Segundo o próprio Fandom da saga, o termo foi usado em outros momentos, e apesar de não ser algo usado com frequência, é uma arma de quem tem direito.

>> Publicidade <<

Lei da Surpresa em The Witcher
Lei da Surpresa em The Witcher

Ainda segundo o fandom:

A Lei da surpresa é um costume tão velho quanto a humanidade. Esse é o preço que um homem que salva alguém pode pedir a quem foi salvo. Isto pode ser qualquer coisa: Um animal, um membro da família ou uma espada.

Esse é um pedido por algo que nem o salvador e nem o ajudado tem conhecimento até que a pessoa salva, retorne a sua casa.

>> Publicidade <<

Tipicamente, após uma longa viagem e um retorno inesperado, isso pode terminar sendo um amante na cama da esposa ou em outros casos uma criança sendo concebida quando o pai ainda estava distante. Estas crianças são reconhecidas como marcadas pelo destino.

Contudo, a lei e os costumes protegem juramentos desse tipo e quando a Lei da Surpresa envolve uma criança, ela só pode ser entregue se concordar. A decisão final cabe apenas a concordância da criança, não a dos pais. Sendo esta a prova que ela realmente nasceu à sombra do destino.

>> Publicidade <<

Ainda não entendeu a linha do tempo da série ? Você pode conferir aqui, como funciona. 

>> Publicidade <<