Netflix pode “salvar” Designated Survivor

595

Poucos dias após a ABC cancelar a série, agora surgiu a notícia de que a Netflix pode “salvar” Designated Survivor do cancelamento. Apesar de não ter construído uma audiência grande na Tv, a série possui bons números dentro do serviço.

Na série, Kiefer Sutherland é um membro do Gabinete do país indicado para ficar em um local fisicamente distante, seguro e secreto quando o Presidente e outros líderes do país estão reunidos. A prática existe de verdade, e foi criada durante a Guerra Fria.

Netflix pode "salvar" Designated Survivor
Netflix pode “salvar” Designated Survivor

Netflix pode “salvar” Designated Survivor

O site americano Netflix Life divulgou uma nota, na qual os executivos da Netflix acham interessante a continuidade da série, exclusivamente no serviço.

Ainda segundo o site, o estúdio por trás da ABC, chamado eONE, está em contato direto com o serviço.

Como a Netflix mantém os direitos de streaming da série, a rede de streaming sabe quantos de seus espectadores estão assistindo a esta série.

Sendo assim podem diagnosticar se um investimento financeiro na série pode ter algum retorno.

Até o momento, não se sabe qual o tipo de contrato a Netflix mantém com a ABC sobre a série, mas se houver muitos assinantes assíduos, o serviço pode resgatar o título, assim como fizeram com Arrested Develpment.

Além de Sutherland a série conta com Maggie Q (Nikita) interpretando uma agente do FBI responsável pela investigação do atentado. Kal Penn (House), Italia Ricci (Chasing Life) e Natasha McElhone (Californication) também estão no elenco.


A Netflix ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto, mas qualquer novidade, postaremos aqui.

Recentemente, outras séries como Lucifer e Quantico foram canceladas pelos seus canais respectivos. E há uma grande movimentação nas redes sociais para que a Netflix assuma estes títulos.

Leia também:

COMPARTILHAR