Friends e Grey’s Anatomy são as séries preferidas dos assinantes da Netflix

329

Friends e Grey’s Anatomy são as séries preferidas dos assinantes da Netflix – A Netflix anunciou no fim de 2017 que investiria pesado para transformar seu catálogo em 50% original e ficar menos dependente de outros estúdios. A façanha custará cerca de US$ 8bi aos cofres da empresa para produzir tantos conteúdos.

Mas para a surpresa do serviço, 80% dos assinantes não gostam do conteúdo novo, ou muito menos originais do serviço. Segundo a 7Parkdata, as séries que os assinantes mais amam Friends e Grey’s Anatomy.

Friends e Grey's Anatomy são as séries preferidas dos assinantes da Netflix 
Friends e Grey’s Anatomy são as séries preferidas dos assinantes da Netflix 

Friends e Grey’s Anatomy são as séries preferidas dos assinantes da Netflix

A pesquisa foi realizada entre setembro de 2016 e 2017 nos Estados Unidos com o intuito de apresentar o hábito dos americanos nos serviços de streaming.

A pesquisa mostrou ainda que, o conteúdo original Netflix serve para atrair novos clientes, mas o que os fideliza realmente são as séries que a Netflix adquire de outros estúdios. Breaking Bad, The Office e How i met your mother completam a lista das 5 séries mais assistidas.

A Netflix, ciente do que os usuários gostam, também afirmou que irá investir US$ 8bi em aquisições de outros estúdios, mas a tarefa não é fácil, já que cada vez mais a concorrência aumenta.

Séries como Two and a Half man, Parks and Recreation e Hawaii Five-0 deixaram o serviço e foram direto para a Amazon Prime – informações do Streaming Brasil News – devido aos contratos.

Outro ponto curioso é que mesmo diante do sucesso e repercussão de séries como “Stranger Things” e “Black Mirror”, e com todo o trabalho de divulgação em cima das mesmas, o conteúdo licenciado ainda corresponde a maior parte das transmissões.


Nos sete dias após a estreia da primeira temporada de “Stranger Things”, diz a 7Park Data, as séries “de fora” ainda correspondiam a 63% da audiência do site.

Já na semana seguinte à estreia da 3ª temporada de Black Mirror, cerca de 88% das exibições das séries televisas eram de conteúdo licenciado.

Leia também:

COMPARTILHAR