O Mecanismo | Netflix instala medidor de corrupção em Brasília

491

A Netflix parece ser a rainha do Marketing, sempre quando vai divulgar uma série nova, o serviço faz de tudo para chamar a atenção de seus assinantes, e com a série O Mecanismo, não é diferente.

Baseada na Operação Lava-jato, a série é produzida por José Padilha e protagonizada por Selton Mello, a estreia está agendada para ocorrer no dia 23 de Março no catálogo mundial do serviço.

O Mecanismo | Netflix instala medidor de corrupção em Brasília
O Mecanismo | Netflix instala medidor de corrupção em Brasília

O Mecanismo | Netflix instala medidor de corrupção em Brasília

Assim como já fez com a série House of Cards, o serviço provocou os políticos instalando um letreiro(vide foto) em um dos acessos da ponte Presidente Costa e Silva, no Lago Sul, em Brasília.

O curioso é que esse acesso é um caminho quase que “obrigatório” para os políticos que frequentam o planalto.

O “corruptômetro” mede a quantidade de dinheiro desviada á cada minuto dos cofres públicos brasileiros.

Além de Mello e Padilha, a série conta também com Carol Abras (Avenida Brasil), vivendo uma agente federal ambiciosa que é discípula do personagem de Selton Mello.

Completam o elenco Enrique Diaz (Justiça), Lee Taylor (Salve Geral), Antonio Saboia (O Lobo Atrás da Porta), Jonathan Haagensen (Cidade de Deus), Alessandra Colasanti (A Verdadeira História da Bailarina de Vermelho), Leonardo Medeiros (Budapeste), Otto Jr. (O Abismo Prateado) e Susana Ribeiro (Liberdade, Liberdade).


A série é escrita por Elena Soarez com a colaboração de Sofia Maldonado. José Padilha também atua no projeto como produtor executivo, ao lado de Marcos Prado.

A primeira temporada terá 8 episódios, com cenas filmadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Brasília.

Recentemente, Padilha afirmou que a série mostrará vários lados da operação, entre eles, o cinismo e a demagogia.

COMPARTILHAR