Os Defensores é da Netflix, afirma CEO

118

Nos últimos dias, criou se um burburinho grande na internet, onde algumas pessoas falavam que devido ao fim do contrato da Disney com a Netflix, as séries da Marvel seriam removidas do catalogo do serviço.

O movimento em torno da notícia é justamente pelo fato da Disney ter divulgado meses atrás que irá criar um serviço de streaming e daqui pra frente, a Netflix seria uma concorrente, ao invés de parceira.

Os Defensores é da Netflix, afirma CEO



Os Defensores é da Netflix, afirma CEO

O chefe de conteúdo da Netflix Ted Sarandos comentou, em entrevista ao Hollywood Reporter, o novo streaming da Disney, lançamento que implica a saída de produtos como Star Wars e animações da Pixar do seu catálogo. Segundo ele, a Disney não tem domínio sobre toda a propriedade intelectual da Marvel“Eles criaram marcas realmente fortes. Não é tão exclusivo assim… A Netflix tem Os Defensores”, disse Sarandos.

A empresa planeja lançar o serviço em 2019, para já disponibilizar em sua plataforma filmes como Toy Story 4Frozen 2, o live-action de O Rei Leão, entre outros. Além disso, a Disney pretende investir em produções exclusivas no formato de TV. As mudanças valem para o mercado americano.


Segundo a Netflix, os assinantes nos Estados Unidos terão acesso aos filmes da Disney no serviço até o final de 2019, incluindo todos os novos títulos que estrearão nos cinemas até o final de 2018. “Continuamos a fazer negócios com a Walt Disney Company globalmente em muitas frentes, incluindo o nosso relacionamento com a Marvel TV, em andamento“, diz o comunicado oficial da empresa.

Leia também:

COMPARTILHAR