13 Reasons Why | Elenco passa por curso para evitar assédio sexual

277

13 Reasons Why sempre está aparecendo nas notícias, mas dessa vez por um motivo diferente. Em meio a tantas polêmicas e denúncias de assédio sexual, os produtores da série optaram por tomar uma atitude diferente.

A série agora apresenta uma forma de lutar contra o comportamento que parece ser comum dentro do universo da produção de séries e filmes. Algo que pode se tornar um exemplo para a indústria.

13 Reasons Why | Elenco passa por curso para evitar assédio sexual



13 Reasons Why | Elenco passa por curso para evitar assédio sexual

A produção da série, disponibilizou para o elenco e equipe de produção um curso que previne o assédio sexual.

“Nós tivemos reuniões e cursos sobre isso”, diz Tommy Dorfman, o intérprete de Ryan na série, ao THR. “Eles queriam ter certeza que soubéssemos o que é comportamento aceitável e o que não é no ambiente do trabalho, e também reafirmar que há uma equipe pronta para lidar com qualquer denúncia”.

“Quanto mais as pessoas denunciarem e tirarem o estigma do assédio sexual, menos isso vai acontecer. Quanto mais poder mulheres e pessoas gays tiverem nessa indústria, menos as pessoas vão chegar e me avisar: ‘Ei, tome cuidado com aquele cara’”, disse ainda o ator.

Na série, Uma caixa de sapatos é enviada para Clay (Dylan Minnette) por Hannah (Katheriine Langford), sua amiga e paixão platônica secreta de escola. O jovem se surpreende ao ver o remetente, pois Hannah acabara de se suicidar.

Dentro da caixa, há várias fitas cassete, onde a jovem lista os 13 motivos que a levaram a interromper sua vida – além de instruções para elas serem passadas entre os demais envolvidos.


A segunda temporada está em produção, e ainda não tem uma data de estreia definida.

Leia também:

COMPARTILHAR