Filmes dos cinemas começam a chegar mais rápido na Netflix

11243

A Netflix tem negociado cada dia mais para trazer aos seus assinantes, opções de filmes e séries com atualizações mais rápidas. E ao longo de 2017, o serviço tem conseguido reduzir o tempo na chegada de séries no catalogo.

Agora, a Netflix está negociando para os filmes recém saídos do cinema, possam integrar o mais rápido possível ao catalogo.

Filmes dos cinemas começam a chegar mais rápido na Netflix

Filmes dos cinemas começam a chegar mais rápido na Netflix

No ínicio de 2017, filmes como Moonligth, Até o último homem e Lion, recém saído dos cinemas e ganhadores do Oscar, desembarcaram no catalogo em poucos meses após a exibição nas telonas.

Agora, a Netflix começa a negociar com produtoras para ter exclusividade, e nos EUA, a negociação está a todo vapor, prova disso é que filmes como Homem Aranha: De volta ao lar e A bela e a Fera, já estão disponíveis.

No Brasil, ainda existem alguns entraves, que cercam a negociação, dentre elas a insistência dos canais da TV paga, em ter a exclusividade.

Outro fator, é que os cinemas perderia o público drasticamente. Porém, Reed Hastings fez questão de comparar isso.

Ele diz que essa metodologia seria semelhante a sair para almoçar ou jantar fora quando possível ou optar por fazer as refeições em casa. Em outra palavras, uma alternativa não anularia o valor da outra.

Outro argumento utilizado seria também o hiato de cerca de três meses entre o lançamento da produção nos cinemas e nos formatos DVD e Blu-ray. Considerando o ritmo frenético de acesso dos usuários à conteúdos piratas, a tendência seria reduzir o período de espera atual o máximo possível.
Este mesmo apontamento já tem sido analisado pela indústria cinematográfica, que tem acompanhado a queda gradativa na comercialização de DVDs e Blu-rays, em virtude do grandioso sucesso das plataformas de streaming.

Além disso, a busca constante por filmes em sites piratas é outro fator que pesa negativamente na movimentação dos cinemas. Isso – naturalmente – fortalece ainda mais o objetivo da Netflix, que também não cogita a possibilidade de fazer o caminho inverso, criando uma rede de cinemas da empresa.

COMPARTILHAR